Visitas

segunda-feira, agosto 03, 2009

Coisas do estômago

Dêem-me bofetadas fortes, pontapés nos rins, ponham-me um adesivo bem forte na boca. Mas por favor, alguém me salve desta fome constante e que alguém ponha termo aos assaltos ferozes que faço à comida. Não estou com forças para conter-me e começo mesmo a ter medo de me aproximar da cozinhs ou de qualquer outro espaço onde existam coisas comestíveis. Não quero mesmo engordar e não sei como pôr um ponto final nesta minha versão enfardadeira que já não distingue refeições, porque as cola umas às outras. Vergonha.

6 comentários:

Sara disse...

lolllll
Tem calma, tu pelo menos tens a desculpa que tens de "fabricar" leitinho.
Já eu........
O meu problema não é tanto entre refeições é mesmo na altura delas. :(

Espiga disse...

lol... isso tb me aconteceu durante depois da minha filha ter nascido... e não é para assustar, mas foi uma fase que durou uns 5 meses. E olha, eu sentia-me tão bem, estava tão contente, que comi e recomi o que me apeteceu. E depois, arrependi-me. Engordei, claro. A um ritmo maior do que durante a gravidez. E depois, ainda custou mais a dieta...arre!! Portanto, aqui vai um conselho: controla, evita, fogeee....lol...!

InêsN disse...

a culpa é da amamentação, não tua!

(aproveita enquanto ainda tens desculpa)

:)

Helena disse...

Quando o Rodrigo vier para casa o ritmo vai ser outro, vai ter muito mais coisas para fazer, vai ser uma correria. Nessa altura nem vai ter tempo para comer.

Beijinhos

Helena

Quicas disse...

He he...é uma das "maravilhas da amamentação".

Bjocas

Marta disse...

Amiga, dar de mamar gasta muitas calorias. O corpo pede mais comida... Vais ver que quando o Rodrigo vier para casa, vais comer menos e dormir menos, e passar menos tempo no banho :)

Um beijo grande, grande