Visitas

quinta-feira, julho 05, 2007

Politiquices

"Posso dizer mal do Governo se for na minha casa, na esquina..." Esta foi a atrasadice mental dita pela secretária adjunta da Saúde e que levou à gargalhada geral da plateia para a qual discursava.

Eu confesso que não tenho vontade de rir. Tenho é vergonha de, passados 33 anos sobre o 25 de Abril, ainda existirem governantes no nosso país a pensarem desta forma. Cada um é livre de pensar o que quiser (esta senhora não entende isso), mas ainda me faz mais confusão ver este tipo de gente em cargos de poder.

Então mas esta atrasada mental quer que as instituições, o Governo, possam fazer o seu trabalhinho descansados sem vozes de oposição, sem críticas? Então esta senhora não sabe que a crítica é essencial à melhoria? Esta senhora, que se diz ligada à Saúde, não sabe que muitos medicamentos são ruins mas que salvam muitas vidas?

Mas agora temos uma anormal armada em Alice no País das Maravilhas, a querer escamotear a realidade e a querer amordaçar o povo para que tudo pareça perfeito?

Então mas agora quando me perguntarem: "Na tua casa, ou na minha?" Eu vou ter de fazer o esforço de perceber se é para a queca ou se é só para dizer mal?

Então agora vamos deixar de ver as putas nas esquinas porque elas já estão ocupadas com os tipos do sindicato a ter uma reuniãozita?

Não me parece bem!

2 comentários:

Gui disse...

Tenho para mim que a srª secretária resolveu seguir o método à la Sarkozy: beber uma pinguinha antes do discurso para desanuviar dos cansaços (adjuntos) da governação.

Boop disse...

Maiiii nada! E kem fala assim...