Visitas

quinta-feira, maio 04, 2006

Giro

É giro crescer!
Ontem, fui jantar a Lisboa com os meus pais, eu a conduzir, o meu pai ao lado e a minha mãe lá atrás e decidi ir beber um cafezinho ao Bairro Alto e fazer-lhes uma visita guiada aos bares e cantinhos onde tanta coisa já se passou comigo... e com tanta gente. Não gostaram! Acharam que as coisas tinham mudado muito desde a altura em que eles andavam por lá, e disseram que estava muito degradado. Detestaram as paredes grafitadas e estranharam não se ver polícia, contaram-me que sentiram insegurança.
À meia-noite estávamos em casa satisfeitos com a viagem ao passado.

1 comentário:

Gui disse...

Mais uma vez mtos parabéns, my dearest Anette, tou de desejosa de te dar um daqueles abraços bem apertados... :-)

Acho que percebo o sentimento dos teus pais, e não é só porque tb não gosto dos -que nem se podem chamar sequer- grafittis. Devem recordar um Bairro Alto bem mais castiço, dos seus amores tão delicado (ou será tão dedicado?). Embora eu goste particularmente do Bairro, e já o calcorreio há mtos anos -contei 14-, consigo sentir-lhe o cheiro do passado. Não é preciso ler sobre o bairro Alto noutras épocas ou ouvir relatos antigos, é uma coisa que tal como uma magia que se sente quando se deambula pelas ruas... e o Bairro tem esse encanto, tb durante o dia