Visitas

domingo, maio 21, 2006

Fánã, o nadador-salvador do futuro

Tomando como referência um post em baixo da Ana, em que "diz que querem começar a multar os banhistas que entrarem no mar com a bandeira vermelha", fechemos os olhos e imaginemos Fánã, o rapaz que às portas do Verão decide tirar um curso intensivo de nadador-salvador. É bom de braçada, os calções vermelhos vão bem com o moreno da pele, acha que o biquini é a melhor invenção desde a roda, esta é a profissão que lhe convém! Estagia em pleno início de época balnear e convive com as "senhoras de idade que costumam ir molhar só os pés para não desidratarem e para tratarem os joanetes e são enroladas por uma onda". Rapidamente adopta o sistema bandeira-vermelha, em que assim como assim só os surfistas arriscam entrar na água, todos os outros são multados p’la bitola da bela máxima "há mar e mar, há ir e pagar!" Assim tem mais tempo para saborear o caipirão no bar da praia e ver as babes de biquini na esplanada.

1 comentário:

Anette disse...

Fánã, quem nem o tem na sua praia?