Visitas

quarta-feira, junho 29, 2005

Pior a emenda que o soneto

Partindo do princípio de que estas coisas correspondem mesmo à realidade, passo a citar a carta de um leitor para a rubrica “Consultório” do suplemento “Vidas” do Correio da Manhã do passado Domingo:

“Vou casar daqui a poucas semanas. Porém, há dois meses, depois de uma discussão com a minha noiva, acabei por dormir com outra mulher. Gostava de contar tudo à minha noiva, mas temo a sua reacção...”
Caro leitor,
O que aconteceu consigo foi fruto da impulsividade e de alguma imaturidade. Uma vez que estão próximo da data do vosso casamento, aconselho-o a agir com prudência. Ao contar a verdade à sua namorada deve ter noção da gravidade das suas acções e estar preparado para sofrer as consequências que daí possam advir. Se decidir contar-lhe a verdade, mostre-lhe que para si o que aconteceu não teve qualquer significado e que optou por revelar tudo o que se passou, pois não iria suportar iniciar uma nova etapa da sua vida (o casamento) com uma mentira a assombrar o vosso relacionamento. Esteja preparado, pois a primeira reacção da sua namorada poderá não ser tão pacífica. Contudo, se ela o ama da mesma forma que o leitor a ama esteja certo que o amor acabará por vencer.
...........................
Continuo a partir do princípio de que tudo isto é verdade por isso gostaria de deixar aqui um apelo: Cidadãos de Penafiel, uni-vos! Há que encontrar antes do casório a “noiva do leitor”. Ó querido Bento, gostava imenso de ver a sua cara quando ela lhe fizer o mesmo. Mas não se preocupe, se ela o ama da mesma forma que o Bento a ama... Aliás ama-a tanto que lhe bastou uma discussão, o que acontecerá imensas vezes no casamento, para estar com outra (daqui a uns anos já terá de pagar).
Pior a emenda que o soneto é a resposta de Mª Helena Barroqueiro, que se apresenta como psicóloga especializada em Sexologia, professora na Universidade de Wisconsin – Madison, EUA, acompanhada de foto de uma gaja novita e gira, e que dá consultas “pessoalmente e por telefone” (213182590). Ó minha rica senhora, conseguiu ser mais banal que uma manicura do subúrbio, mais hipócrita que o padre da paróquia de Freixos de Penafiel, mais consensual que uma lei política de um partido com maioria absoluta. Nem sei que faça... se lhe telefone se lhe dedique um post.

10 comentários:

Anónimo disse...

Este post lembra-me a mitíca Maria pag 28(canto esq.): ai e tal tenho 3 "pipís" e não de qual eu gosto mais,estarei grávida?!...ou entao ...e não sei o que, o meu nome é zé('quinha pós amigos)e tive um caso com a minha tia'avó serei gay?! ou estarei apenas com uma simples micose num dos pés...uuummm????!... :)



Ass:QZ'isse

Gui disse...

Ah, e acrescento à dita senhora:
.... e mais míope que uma ratazana da biblioteca do Convento de Mafra....

sergonov disse...

Gui! Sinceramente tens de te colocar no lugar das pessoas que supostamente enviam essas cartas ou que compram a revista, que não esperam outro tipo de resposta.
Quem lê estas revistas acredita nos contos de fadas ou espera uma resposta para resolver os seus problemas e não uma desculpa para acabar com uma relação.
Acho eu! ou não!

GranMarta disse...

Ontem passei num programa na TV onde o marido queria contar em directo à esposa que num mês a traiu com 5 mulheres! É bonito! Ai tanto que ele precisava dos conselhos desta senhora Maria Barraqueira, psicóloga de Wisconsin... e a senhora sua esposa também ia gostar de a ouvir. Oh oh!

sergonov disse...

Oh Martolas, o que tu andas a ver!Melhor que esses programas só me lembro do: Quem quer casar com o multi-milionário :) eheheh

Ana disse...

Força na verga Bento!! É o que eu te digo.

GranMarta disse...

ehehehhhee Muito melhor!!!

Gui disse...

Ouve o que a Ana te diz, não deixes que a verga vergue.

Leididi disse...

O Bento precisava era dum soquete nas "bentas" e a Barraqueira, que só dá barraca, um telefonema a descompô-la...

Anónimo disse...

Concordo inteiramente consigo, Acho lamentável que esta Dra Maria Helena, se intitule especializada em sexologia e não posssua tal especialização, e isso podemos ver no tipo de resposta que deu ao leitor, que para os profissionais da área é uma vergonha ler. Esta senhora devia ser desmascarada, pois por alguma razão não dá consultas cara a cara, é mais por telefone... é lamentável