Visitas

sábado, janeiro 18, 2014

Hoje foi dia de...

Kidzania
E ele adorou! Divertiu-se imenso a fazer uma pizza na pizza hut (comendo-a no fim), a ser repositor no supermercado, a andar de avião e na escola de pintura. E digam lá se o desenho do Rodrigo não ficou absolutamente espectacular? Não percebo como teve negativa a expressão plástica! Ok, vou confessar, até aqui tudo bem, a partir deste momento do desenho começou a descambar e a partir para a completa borratada. Solução: entrei escola dentro e gentilmente consegui que ele desse por terminada a sua obra de arte. O menino a dizer "mas eu ainda não acabei" com o pincel a pingar de tinta preeeeeeta, e eu a puxá-lo devagar pela mão e a responder "há outros meninos a quererem pintar, vamos ver ali uma coisa muito gira". (Na Kidzania é sempre muito fácil dizer esta, porque, de facto, não será assim muito difícil encontrar outra coisa muito gira mesmo ao virar da esquina). 

Mas há que dizê-lo, achei que alguns monitores não estavam muito bem preparados para receber meninos de quatro anos, que precisam de mais orientação. Nas pizzas, por exemplo, eles entram lá para dentro e os paizinhos ficam do lado de fora a acotovelarem-se junto ao vidro com os telemóveis em riste  para a melhor fotografia. Sofri um bocadinho. A verdade é que tinha estado vinte minutos na fila porque sei que ele adora fazer pizza, mas também, há que dizê-lo, porque estava esfalfada de fome e sabia que no final ele trazia a bendita pizza. Tanto que antes dele entrar fiz-lhe os meus pedidos de ingredientes. Bom, ele lá entrou e começo a ver que deitou tomate na pizza como se não houvesse amanhã. De seguida decidiu que era melhor comer o queijo do que colocá-lo na pizza. E eu do lado de cá do vidro a roer-me, a ver os outros já na parte dos ingredientes gostosos, enquanto o Rodrigo se contentava com uma massa completamente mergulhada em tomate. No fim, lá se lembrou de pôr uns cogumelos e bacon. Oregãos? Esqueçam. Enquanto os outros finalizavam com isso, o Rodrigo continuava empenhado em engolir qualquer pedaço de mozzarela que sobrevivia na bancada para contar a história. Mas pronto, ele divertiu-se, é o que interessa e será com toda a certeza para voltar. 

Um bom domingo. 

1 comentário:

Gui disse...

Esqueceste-te de acrescentar lá em baixo:
- Queijo com qualquer coisa