Visitas

terça-feira, março 02, 2010

A fonte secou

Tem havido lágrimas. Não muitas, não um lago de lágrimas, mas as suficientes para ficar com os olhos mais caídos e os lábios mais arqueados, como a minha mãe já tem do alto dos seus mais de 60 anos. Tudo porque o meu leite está a secar, está a acabar, a ir-se, a engolir-se para dentro.
As minhas maminhas estão descrentes e quando o Rodrigo as toma de assalto elas nem reagem e ficam-se. E eu fico-me também. Triste. Ao fim de sete meses sou obrigada a despedir-me de um dos momentos mais mágicos da minha relação com o meu filho. Uma mãe ontem dizia-me que as pupilas dos bebés dilatam quando se aproximavam da mama. Não sabia. Nunca estive atenta a isso. E ontem já fui tarde. Mas paciência. Este nó na garganta vai passar, como tantos outros que já tive e que pensei nunca mais conseguir desfazer. No final desfaço-os sempre. O que para já não tenho maneira de desfazer é o imbróglio que é ter de ir à cozinha no frio da noite e a dormir em pé para ir fazer e aquecer o biberão. Tenho as maminhas deprimidas.

10 comentários:

Patrícia disse...

Quando estava grávida costumava dizer que dar mama devia ser uma seca, afinal teria que ser sempre eu. Quando o Alexandre nasceu... bem ... era o nosso momento. Amei e quando o leite se foi, chorei tanto tanto. Mas passou. E agora vou-te dar um truque. Eu metia-a agua quentinha dentro de um termo, com as doses de leite já devidamente distribuidas nuns recipientes próprios para o efeito e quando ele acordava, fazia a mistura logo ali, escusava de andar pela casa ao frio.

Sara* disse...

Para evitares isso, existe o aquecedor de biberons, colocas na mesa de cabeceira e mantem a temperatura ideal para ele, assim é mais fácil para os dois.
Pensa que pelo menos durante 7 meses deste do te leitinho ao teu filho, muitas mães nem isso têm.
Beijokas

Autora de Sonhos disse...

Olá é a 1ª vez que visito o teu blog. Este teu post chamou-mea atenção porque tb sofrimuito quando dei conta que o leitinho tinha secado...
Os meses mais precisos deste...agora pensa que a missão foi cumprida!
Vou passando por cá...posso não posso?

continuando assim... disse...

convite para seguir a historia de Alice, lá no
Continuando assim...

ainda vai no início :)

espero que gostes

bj
teresa

tacha disse...

ó mulher - aquecedeores de biberon ou termos - são a solução ideal. um conselho, compra o aquecedror de uma marca boa (avent, chicco) eu tinha da marca do continete e não era grande coisa.deixas as doses de leite preparadas, o biberon, etc, tudo na mesa de cabeceira, et voilá!

Rita C disse...

Nesse aspecto tb te posso ajudar pois eu com dois de uma vez e sem conseguir amamentar tive de reinventar a pólvora...

Então é assim: existem umas caixinhas onde colocas as doses individuais do pozinho do leite. Existem tb os aquecedores de biberons. Juntas tudo no quarto e dps é só colocares água, pó e aquecer... finito... se não tiveres aquecedores de biberon tens tb duas outras sugestões.... ou dás à temperatura normal... os meus sempre beberam leite a temperatura normal e nunca se queixaram ou aqueces previamente a água e deixas num termo... fácil... :)

Boa sorte

Beijos

Rita e pipocas (Tiago e Diogo 33 meses)

gralha disse...

É verdade, custa muito... Mas acredita que a intimidade não muda, só a forma de a gerar. 7 meses é muito bom e será sempre uma boa recordação só dos 2 :)

SMS disse...

Minha querida:
Eu sei bem o que isso é. Deixei agora de dar de mamar, aos oito meses da Madalena. Porque fui reduzindo, porque já tinha pouquinho, porque achei que ela estava obsessiva comigo e eu com ela e que era mais saudável assim. Mas também me deu um nó. Esse nó. E, como sabes, ela é a minha terceira. E ainda assim a tristeza repetiu-se. É mais um cordão umbilical que se corta... é menos uma dependência deles em relação a nós, e dói, claro que dói. Mas passa, claro que passa. :)
Beijinho muito grande.
Cocó.

continuando assim... disse...

convite para seguir a história de Alice, lá no

--- continuando assim... ---

ainda vai no início
espero que gostes
bj
teresa

Not a Lady disse...

Um das melhores recordações que vou guardar para sempre é a sensação de amamentar. Gostei tanto... Tenho saudades disso.