Visitas

quinta-feira, março 11, 2010

Coisas soltas da minha vidinha

Quando ando de elevador não consigo sentir se está a subir ou a descer. Às vezes vou com alguém e dizem-me "xi... agora estamos a ir pra cima". Dizem-no sem olhar para os botões, ou para setas, ou algo do género. Dizem-no porque sentem no corpo. E eu fico assim com cara de parva, sem sentir nada. Não é grave pois não?

Ando cansadita, pois que ando. O baby adormeceu agora. Vai dormir para aí meia horita e depois é festa até à meia-noite. Mas mantê-lo acordado agora é muito complicado.

Há uma semana que anda aos guinchos. Aprendeu a gritar e então passa horas a mostrar a novidade. Ui, e como mostra.

As minhas maminhas já não estão deprimidas. E eu também não. Já me desforrei no sushi, já ponho picante na comida, já posso voltar à depilação definitiva, já posso aclarar o cabelo com tintas carregadinhas de amoníaco. E é uma delícia ver o baby a agarrar o biberão com as duas mãozitas.

Entretanto, a monotonia instalou-se aqui no lar. Passo a explicar. O senhor meu marido almoça todos os dias em casa e agora está numa de querer comer frango todos os dias. Arghh, que o bicho com penas já me cansa. Ele é no forno, é guisado, de caril, às coxas, à padeiro. Irra.

Esta semana chorei e disse muitas asneiras. Estacionei o carro num sítio dúbio (mas sem estorvar ninguém) e fui presenciada com dois maléficos riscos. Feios, fundos, dispendiosos. Não se faz. E o carro que é novo e tão lindo.

Novidade: consegui que o senhor meu marido me arranjasse uma empregada. Tããão bom. É a Dona I., querida, sem um dentinho à frente, mas muito querida. Tão querida que o meu gajo dizia-me há pouco: "Opá vamos dar uma limpeza geral para ela não ficar com má ideia nossa". Pois, pois.

Uma solução óptima visto que a senhora sem um dentinho à frente também passa a ferro. É que contratei uma pequena empresa para me passar a ferro com entrega ao domicílio. Mas o raio das senhoras nãon atinam com os dias de entrega e a minha roupa anda por aí algures na zona saloia. Hoje, por exemplo, era o dia de me virem entregar o cesto e nada. E tanto jeito me dava umas coisas que tinha para lá.

De maneiras que é isto.

8 comentários:

Zé Guevara disse...

Esqueces logo o meu favorito: FRANGO ASSADO!

EIMV disse...

As saudades que eu tenho do sushi!...
Tou a ver que ainda me falta muito para lhe ferrar o dente.
Tou grávida de 19 semanas! :)

Rita C disse...

Agora com a do sushi fiquei com água na boca... quem diria que a primeira vez que experimentei sushi foi nem há 1 ano atrás... e agora sou fã. A propósito do frango... qd os miudos nasceram como deves calcular tempo para fazer comida era quase nulo então a solução era ou ir buscar fora ou frango assado. O mais rápido era SEMPRE frango assado... Chegou uma altura que TODOS os dias, mas mesmo TODOS os dias o almoço era: Tcharam... Frango assado! LOL Apanhámos tal enjoo que agora só mto raramente o frango entra lá em casa... de vez em qd ainda lá vai o bicho pois para quem n tem tempo continua a nao haver melhor... LOL

Beijos

Rita e pipocas (Tiago e Diogo 33 meses)

Sophie Ribas disse...

Adorei a situação do elevador.
Eu sinto tanto que fico nervosa com o rápido que vai.
Tenho pavor a usar elevadores.
Uso quase sempre a escada, no entanto, por exemplo no hospital de coimbra queria ir para o 9ºandar, fui de elevador e fiquei presa... Ai como me atormenta....
agora vou pelas escadas, porra.

O Idiota disse...

Olá.
Peço desculpa pela intromissão.

Venho convidá-lo(a) a acompanhar as histórias d'O Idiota.

Humor/Sarcasmo/Entretenimento e boa disposição:)

Obrigado.
Miguel

Anónimo disse...

uma optima opçao essa da funcionaria para ajudar nas lides domesticas!
consegue-se gerir muito melhor a vidinha da família, né?
Quanto ao frango, o teu socio ha-de saturar-se, vais ver. Depois já podes preparar umas comidinhas simples...mas variadas!
bjs

libania neves disse...

lá me saíu o "horroroso" anónimo no comentario que antecede! As minhas habilidades informáticas assim o ditam, mas vou rectificar para que conste o meu nome.

Elisabete Martins disse...

Amei, amei este post. Divino.
Preciso mesmo de me rir. Muito obrigada.
Beijinhos,
Beta & Co.