Visitas

sexta-feira, julho 13, 2012

Adeus Rosário

A minha empregada não morreu, graças a deus está de perfeita saúde e com a mesma inconveniência de sempre. Eu é que tive de dispensá-la. Parecendo que não, e nesta situação de quase desemprego que atravesso, cento e poucos euros todos os meses fazem a diferença.
Mas a diferença não é só a do dinheiro. Ó meu deus, que a senhora só não vem há uma semana e a minha casa está um caos. Na cozinha a coisa ainda se vai orientando, mas e a roupa senhores, a roupa?? O Zé ontem perguntava-me se eu queria que ele pusesse uma máquina a fazer e eu dei por mim a soltar um enorme NÃO aos berros, como se ele me estivesse a perguntar se eu queria levar com facas no meio da tola. A verdade é que a ideia de aumentar ainda mais a roupa que está para passar a ferro deixa-me assim, histérica. Hoje já tive alguma dificuldade em encontrar roupa lavada para o miúdo, lá encontrei umas calças, tadinho, um pouco quentes para a estação é certo, mas lindas e lavadas e passadas.
A casa tem pó, a casa de banho precisa de ser limpa e de toalhas novas, as camas precisam de ser feitas de lavado... Ai Rosário que me faz tanta falta. Ai Rodrigo querido que és muito lindo, mas isto de te deitares às onze da noite rebenta comigo. Ai que vou ter de dormir rápido rápido que amanhã acorda-se cedo e há uma revista para fechar e pôr nas bancas para que a empresa tenha dinheirinho para me pagar a indemnização.

9 comentários:

lua disse...

Olá Annete há algum tempo que sigo o teu blogue mas só hoje decidi comenta-lo e digo-te porquê... Porque nunca tive empregada mas faz-me taaannnnttaaaa falta....
A minha casa está um caos. E a roupa? Ai a roupa senhores.... tanta para passar... Amanhã vai ser bonito vai....
Bom já agora dar-te os Parabéns pela mãe fantastica que és. Os nossos filhos têm as caracteristicas deles mas são os NOSSOS e isso é o melhor... E o teu Rodrigo tem muita sorte em ter uma mãe como tu. Coragem e mais uma vez Parabéns...

A Mãe disse...

Também me identifico! Aqui o dificil é encontrar roupa passada! As gavetas estão vazias e monte de roupa para passar chega quase ao tecto!! E tenho a sorte de a empregada da minha avó vir uma manhã de 15 em 15 dias mas é sempre para limpar!E estou desempregada, é uma vergonha, eu sei que devia ser uma dona de casa mais aplicada! :/
Bjs

Fernanda Loureiro disse...

A roupa para mim é um problema, principalmente as camisas do meu marido que têm de estar impecavelmente engomadas. Como também não posso ter empregada, arranjei um meio termo - um serviço de engomadoria que vai buscar e entregar a roupa lá a casa. Assim, as peças mais fáceis fico eu com elas, e as outras vão para lá. É uma ajuda que recomendo, e as peças que passo são sempre a despachar (toalhas, lençois, pijamas ... )
Um grande beijinho para o Rodrigo e para a mãe :)

Alentejano na capital disse...

Pelos vistos todos se identificam como monte de roupa em fase de crescimento lá em casa.
A nós acontece-nos o mesmo mas já não desesperamos.
Acho que aprendemos a viver com esse” bicho papão” lá em casa.

Anónimo disse...

Até tenho vergonha de comentar, mas cá vai:

Fiquei em situação idêntica há 6 meses. Agora vou tendo trabalho, mas não o ritmo e o ordenado dos últimos anos. A minha querida amiga e empregada teve de ir, porque eu não tinha como lhe pagar. Nesse dia chorei tanto, que fiquei com os olhos em papa. A minha casa está um nojo, há mosquitos na fruta e às vezes não vejo o lava-louça. A roupa, nem sempre sei dela. A minha filha adormece tardíssimo e, à hora que a deito, faltam menos de 6 horas para eu me levantar. Noutro dia, num rasgo de loucura, depois de receber o IRS, fui a uma loja e comprei roupa para uma semana, só para não ter de a lavar nem passar. Shame on me, shame on me, que nem lha lavei depois de a comprar. Logo eu! Que era pessoa tãããão chatinha e até esterilizava a roupa! Quando tinha empregada, claro. A sogra varre-me a casa quando cá vem. E deixa-me sempre o lixo ao lado do caixote para eu o ver. Ó Deus!!! Mas quando é que eu fico rica???

Anónimo disse...

Epá como é que é possível???
Eu também não gosto de passar a ferro opá mas tem de ser. Deixar a casa a meter nojo é que nunca!
Tem de começar a gerir melhor o vosso tempo!

Flor Guerreira disse...

Aqui vai a minha solidariedade...ainda não dispensei a minha, mas estou em vias e nem quero pensar!

Anónimo disse...

Sem empregada, não dá! A casa vira um caos total!


http://youngfashion.blogs.sapo.pt/

Quiosque do Ken disse...

Faz imensa falta é verdade! Aqui por casa é mais ou menos a mesma coisa. A diferença é que acabamos de contratar uma Rosário. Estavamos a dar em malucos!!! Sobretudo com a roupa por passar...