Visitas

quarta-feira, junho 15, 2011

A consulta de desenvolvimento

É oficial. O Rodrigo TEM de ir para a escola IMEDIATAMENTE.
Esta foi a mensagem da pediatra do desenvolvimento, que diz estar um pouco preocupada com o retrocesso que o baby teve na linguagem, aliado ao facto de manipular os objectos ainda de uma forma muito primária para a idade (23 meses). O Rodrigo já devia empilhar e encaixar coisas e a única coisa que faz é continuar a levar tudo à boca. Por isto, a médica disse que ele deve entrar já na creche, para percebermos se estes atrasos no desenvolvimento são apenas ambientais ou se é outro problema qualquer. E esta parte do outro problema qualquer é que me apoquenta. A pediatra não avançou mais nada explicando que ainda é muito cedo para diagnosticar o que quer que seja. “Vamos pô-lo na escola e depois vê-se”. Entretanto, pediu-me para estar vigilante a actos eventualmente obsessivos, o que me leva a entender que ela pode estar desconfiada de alguma perturbação do desenvolvimento dentro do espectro do autismo. O que ao mesmo tempo me deixa tranquila, não sei explicar, mas acho mesmo que o Rodrigo não tem nada.
Enfim... uma coisa é certa: já começou a correria pelas escolas de Mafra. E depois de Setembro o puto tem dois meses para começar a falar, que é quando tenho nova consulta de desenvolvimento marcada. Mas nada de pressões, nada de pressões.

13 comentários:

Palavrinhas* disse...

Apesar de estares tranquila e de sentires que o Rodrigo não tem nada, deve ser um balda de agua fria quando o pediatra nos diz que alguma coisa pode estar menos bem!
De certeza que esse não é o caso do Rodrigo e daqui a pouco ele estará a falar pelos cotovelos e super desenvolvido :-)

Helena Barreta disse...

Vai ver que o Rodrigo é só preguiçoso. Há crianças que como se fazem entender não se esforçam.

Não tarda nada não se cala.

Beijinhos e tudo de bom

Helena Barreta disse...

Vai ver que o Rodrigo é só preguiçoso. Há crianças que como se fazem entender não se esforçam.

Não tarda nada não se cala.

Beijinhos e tudo de bom

Anónimo disse...

Olha, o meu irmão só falou aos três anos e mesmo assim parecia inglês, lol. E sempre foi um aluno brilhante e hoje é engenheiro. Claro que é preciso atenção mas nada de stress.

vidasdanossavida disse...

Tenho a certeza que vai correr tudo bem. Pensamento positivo. Uma das minhas sobrinhas que fez 2 anos em Setembro não fala porque não quer. às vezes descai-se e lá fala, mas assim que percebe cala-se outra vez. diagnóstico: teimosia. Os miúdos são todos diferentes, mas imagino que estejas com o coração apertadinho. Podes sempre ouvir outra opinião.

Maria disse...

Bem, para descansar ou assim :)
Tenho duas sobrinhas prematuras e as duas apresentavam alguns atrasos no desenvolvimento, com uma delas a pediatra do desenvolvimento até aconselhou terapia personalizada. A minha irmã resolveu que o melhor seria mesmo a escola e foi mesmo o mais acertado, num instante estavam com o desenvolvimento adequado à idade e sem mais problemas, pode-se mesmo dizer que são umas espertalhonas.
Provavelmente será algo parecido o que se passa com o Rodrigo :)
bjs

Vanda Aleixo disse...

Olá! Já sigo o teu blogue há algum tempo, mas hoje tenho mesmo que comentar. Sei que não pediste nenhuma opinião em relação às escolas de Mafra, mas vou dar-te a minha na mesma:-) Eu também moro em Mafra e já tive os meus filhos na creche da camara municipal e vi muitas outras. De longe, a melhor (e que acabei por escolher) foi o Verde Água, na Carapinheira. É talvez a opção mais cara, mas de longe a que mais compensa. Desde o modelo pedagógico, à alimentação, ao estímulo saudável das competencias das crianças, ao cuidado personalizado que cada criança é alvo... Os meus filhos andaram lá no ano em que abriu, depois saímos de portugal durante dois anos e agora queria voltar a pôr lá os dois mais pequenos, mas parece que há lista de espera para as salas deles (sala de 1 ano e Jardim de infancia). De qualquer forma, vê e tira as tuas conclusões. Há várias opções por aqui, mas a maior parte deixa um bocado a desejar.

Anette disse...

Obrigada pelo vosso apoio. Há-de correr tudo bem. A luta agora é mesmo com as escolas. Obrigada pela dica Vanda Aleixo.

Sara* disse...

Nem queroimaginar o teu panico a ter essa conversa com a pediatra....
Tem calma, o facto de ele nao estar no colegio faz com que seja mais preguiçoso, vais ver que não é nada, ele vai começar a falar e ate te vais fartar de o ouvir lolll
Não tarda já nem quer empilhar caixas, pede logo leggo para brincar.
alhunms desemvolvem mais cedo que outros, é normal.
Beijokas e relaxa

Anónimo disse...

Porque não, fazer uma avaliação de desenvolvimento? Acho que os psicólogos clínicos têm competências para fazer semelhante coisa, e acho que há escalas e instrumentos para avaliar bebés tão pequeninos.. Com a possibilidade de se poder voltar a repetir mais tarde, comparar resultados, perceber as áreas onde se tem de investir, e despistar eventuais problemas precoces.
Compreendo que os pediatras de desenvolvimento estejam muito atentos a essas questões, mas consultar profissionais dessas áreas que muitas vezes depois se articulam com o pediatra do desenvolvimento, talvez não fosse uma ideia a descartar.
Não sei se já o fez, mas poderá se informar se no sítio onde o Rodrigo nasceu, há esses serviços disponíveis. Basta ter serviço de psicologia e um psicólogo clínico especialista em primeira infância.

Felicidades
Rita

Anónimo disse...

Sem stresses.. o meu vai fazer 3 anos em outubro e pouco fala. Tb já passei pela fase dos pediatras de desenvolvimento . Vai tudo correr bem .
Miss_David

Juanna disse...

Vou ser rude porque fico irritada com esse tipo de pediatras. O Rodrigo demora mais tempo a desenvolver certas coisas, ok. Conheces algum adulto que não saiba pegar nos talheres? Ou não saiba falar? (exceptuando as pessoas com atrasos, claro). Bem, o filho da minha amiga tem 5 anos e mal fala. Não sabe as cores, não sabe contar até 20, não sabe caminhar a direito. E a pediatra dele não acha estranho. (embora com 5 anos eu já ache algo estranho, considerando que dentro de 1 ano vai para a primeira classe). Enfim...stresses para nada.

Traquinasmother disse...

Olá, aqui vem mais uma dar palpites. Já tinha visto que encontrou escolinha para o R. e pensei que era por chegar a idade, mas vi agora que é por o pediatra ter aconselhado, e achei piada(sem ter graça é claro o assunto) o ter terminado sem pressões..sem pressões. Eu sou uma mera mãe de 3 pestinhas lindos..e considero-me perita disso do sem pressões..pois o meu pequeno do meio e unico gajo..só começou a falar aos 3 anos,depois de entrar para a escola(ou seja um ponto a favor do ir á escola)E se não li mal o R. é permaturo, penso (na minha humilde opinião de mãe) que será normal não avançar tão rápido em certas coisas, Ei, não estou a chamar nomes ao pequeno atenção, mas sei por experiencia familiar(nenhum dos meus) que os prematuros demoram um pouco mais a chegar aos que os médicos consideram normal para a idade(estatisticas estas que são feitas normalmente para crianças de nascimento em tempo normal)Mas este sermão de certeza que já o conheçe, Estou só a tentar de algum modo dar-lhe um animo, porque sabe bem ouvir(ler) umas palavras de estimulo, e que esta a fazer tudo o que é normal para ajudar o seu pequeno a crescer...
e para isso aqui a blogosfera é um mundo de muito mimo...
O melhor para si e para o pequeno.
Força...