Visitas

sexta-feira, novembro 05, 2010

Alternativa

Ando com agulhas espetadas no meu corpo. É verdade. Nas orelhas, no peito, no ombro e, até esta manhã, no nariz. Tudo porque andava um pouco nervosa e a subir paredes e com falta de ar e mais mil e uma tretas inexplicáveis que me tiram qualidade de vida. Vai daí, o Zé falou-me de um médico espanhol muito catita que através da nossa íris detecta os nossos males e trata-nos. Apesar de muito céptica lá fui. Cheguei, disse o nome e a idade e espequei os meus lindos olhos nos dele. E não é que o raio do homem acertou em todas as minhas efermidades? Sim, já sei que vão dizer que também não era difícil, visto eu padecer sempre de muitas coisas e várias. Ok. Mas a verdade é que ele me poderia ter falado em coisas que eu realmente não tenho nem sinto. Tais como: dores nos rins, unhas encravadas, enxaquecas, dores no estômago, dores nas articulações. Enfim, ele podia ter dito mil e uma coisas, mas a primeira que lhe saiu mal olhou para os meus olhos foi: “É uma pessoa muito nervosa e muito ansiosa”. Eu caladita que nem um rato, inexpressiva. E continuou por ali fora, sempre a acertar no que me apoquentava. No fim espetou-me agulhas, daquelas que ficam connosco meses, e deu-me uns chás, tudo natural. Nos dois primeiros dias andei ainda pior, a chicotear-me por ter ido perder tempo em métodos que nunca iriam ultrapassar o meu cepticismo. Mas ao terceiro dia o sol brilhou. Ao terceiro dia desapareceram os meus males e já lá vai uma semana e sinto-me mesmo fantástica. É dos chás? É das agulhas? Não sei nem quero saber. Estou bem e isso é meio caminho andado para andar mais feliz.

Explicação: as agulhas que tinha em cada lado da cana do nariz (para respirar melhor) eram, de facto, muito desconfortáveis e estavam sempre a sair. Tirei-as, com autorização do sô doutor.

9 comentários:

Panda disse...

Acho que preciso desse doutor.
Ando insuportável até comigo própria...

Sara* disse...

Desde que tou grávida que me dizem que embirro com muita coisa e que ando com falta de paciência, na volta preciso de espetar umas agulhas loll
Se é das agulhas dos chás ou do raio que os parta, nao interessa nada, o mais importante é tu te sentires realmente melhor.
Beijokas

The one you know disse...

Sempre é melhor do que uns xanaxeszitos

lisbon new-yorker disse...

Ando sempre em conflito comigo mesma...não sei se as agulhas chegavam! Isso do médico da íris é giro...mas assustador. Ele dá o verdadeiro significado à espressão "olhar nos olhos"...arrepiante!

http://lisbonnew-yorker.blogspot.com/

su disse...

Já ouvi falar nesse´médico, parece que faz milagres! E eu preciso mesmo de um, porque o stress em que ando permanentemente me está a deixar KO. Como é que o sr. se chama? tem site? obrigada

Anette disse...

O consultório é no Spaço Vida - Centro de Massagens e Dietética e fica na Rua 25 de Abril, n.º 2, Loja E Malveira 21 986 2071 e o mail é spacovida.malveira@gmail.com

Doce disse...

Prefiro andar stressada mas sem agulhas lol

Anónimo disse...

Eu passei uma gravidez de sonho, mas agora - 10 meses depois - estou péssima. Humor de cão, irritada, cansada e sempre a explodir com ataques de mau feitio. Só me apetece chorar e implico por tudo e por nada. Já nao me aguento e o meu marido começa a não saber o que fazer. Acho que vou tentar a minha sorte nesse tal médico, apesar de ficar um bocadinho fora de mão...

Anónimo disse...

Já marquei!! Vamos lá ver o que é que o dr me descobre.