Visitas

quinta-feira, março 01, 2012

É oficial

Não consigo aplicar o método do choro controlado para o Rodrigo adormecer sozinho na cama dele. E não consigo porque ele descontrola-se mesmo e chora a sério. De qualquer forma, para o ano muda de escola e na sala dos três anos já não fazem sestas, fazendo com que ele já adormeça mais rapidamente ao colo, sem as minhas costas sofrerem tanto. Ou isso, ou esperar que ele perceba que a mamã tem um dói dói nas costas e que vai adormecer deitado na cama dele (como faz na escola!) enquanto lhe conto histórias, lhe dou a mão, canto, ou outra coisa qualquer. Não me aborrece estar duas horas ao pé dele, desde que não seja a andar de um lado para o outro a carregar doze quilos.

10 comentários:

Anónimo disse...

Já experimentou uma cadeira de baloiço? Não sei o que teria sido da minha vida sem uma cadeira de baloiço para embalar os meus 3 filhos. Também nunca gostei de os ver na cama a chorar. Adormeciam (num instante) ao meu colo, a balançar na cadeira e assim ia poupando as minhas costas. Fica a sugestão.

Ana Teresa

Anónimo disse...

olá,
o meu filhote ( q parece ser +/- da idade do seu 2 anos 3 meses) adormece sozinho na caminha dele, dá beijinho ao papá e a mamã e caminha, chora um bocadinho, mas passa logo e adormece... quando está mais rabugento, perguntamos se que dormir na cama do papá (sozinho na mesma) e ele lá vai todo contente!

sei que as crianças são todas diferentes - o meu ñ larga a chucha nem o bonequinho para dormir...

boa sorte, vá tentando "liberta-lo" do tao bom colinho da mamã para adormecer!!!

Marta P

gralha disse...

Entre o adormecer a colo e o deixar a chorar há outras alternativas. Eu e várias pessoas que conheço demo-nos sempre bem com as técnicas sugeridas pela Tracy Hogg.

Mamã de Salto Alto disse...

Tem calma.A minha nunca adormecia sem mim,com ela,enfiadas na cama.Fui deixando-a na cama,comigo a dar-lhe a mão e sentada na beira da cama.Punha música clássica.E agora,ela adormece sozinha ao som da música e com a luz de presença.Foi uma viragem....e o teu tembém há-de aprender a fazê-lo.bjs

Sofia disse...

Olá,

Nunca comentei o seu blog mas acompanho há anos.
Tenho uma menina que tem agora quase 2 anos e apliquei o método Estivill (não sei se foi este que tentou aplicar) quando ela tinha 6 meses e funcionou. Desde então, ou com alguma doença ou saída da rotina, necessito de aplicar novamente pois volta a estar dependente dos pais para dormir. E resulta.
Custa? Custa muito. Mais a nós do que a eles. Ao fim da 3ª noite já só choramingam.
Eles não se sentem abandonados desde que se aplique o métodos com os intervalos de tempo das visitas ao quarto onde os asseguramos que não os abandonámos.
custa? Custa muito. Mas funciona.

A minha filha é uma criança equilibrada e não sinto que tenha tido nenhuma influência negativa na sua personalidade nem na relação com os pais.

Se me perguntar se nunca a tirei da cama....tirei. Poucas vezes, mas tirei. Nós conhecemos o choro dos nossos filhos e por vezes, simplesmente não vai lá...já se perderam no choro. Acalmo-a e volto a colocá-la na cama.

Desculpe o longo comentário. Mas percebo que esta questão tem uma grande carga na sua vida, tal como tinha na minha. E a minha vida mudou. Passei a ter tempo para mim, para "fazer serão". Para estar com o meu marido. Melhorei a minha qualidade de vida. E a minha filha descansa mais e principalmente é independente a adormecer.

Resta-me desejar-lhe tudo de bom para o Rodrigo.
Sofia

Anónimo disse...

É tudo uma questão de habito. A criança tem que saber que não pode dormir fora da sua cama. Chora uma noite, duas, mas rapidamente se habitua. E garanto que os transtornos que dai advém são bem menores quando comparados com oa que ficam se lhes fizermos sempre as vontades.

sofia disse...

Uma voltinha de carro, acho q comigo resultava sempre!

Www.levedar.com

Sofia disse...

Olá, recordo-me que a minha filhota também teve alguma dificuldade em aprender a dormir sozinha. O que fiz foi permanecer sentada ao pé dela, até que ela adormecesse. Isto nos primeiros dias, para ela se habituar a adormecer na caminha. Nos dias seguintes, ficava sentada junto dela mas saía do quarto algumas vezes, regressando a periodos de tempo cada vez maiores...
Feliz dia internacional da mulher :)
Beijinhos,
Sofia

A Gerência Eventos disse...

Não resisti a comentar porque sei do que fala... aminha filha tem quase dois anos e tb é um tormento para dormir... já tentei de tudo... ultimamente, embora eu ainda tenha k estar com ela para adormecer já consigo que ela fique na cama e não ao colo... o truque foi deixá-la escolher uma história par lermos juntas todas as noites antes de ir para a cama...mas a história tem um segredo, só é possível ser lida se ela estiver deitada na caminha e a mamã sentada ao lado (foi o que eu lge disse e inacreditavelmente funcionou)... espero ter ajudado qq coisa... Boa Sorte!

Gremelinica disse...

E por essas e por outras que há já quatro meses que ele dorme na nossa cama... Pode não ser o mais indicado mas tem sido o mais pacifico para todos...