Visitas

terça-feira, dezembro 14, 2010

A sustentável leveza da minha mala

Ando com a mala de mão sempre tão pesada que quando entro no carro e a poiso no banco do pendura começo a ouvir os apitos para pôr o cinto no lugar do passageiro.

7 comentários:

Panda disse...

LOOOL que exagero! Eu por acaso comecei recentemente a usar malas pequeninas para me ir habituando a andar com menos coisas e olha que tem resultado ;)

Sara* disse...

lolllllll
Muito boa lolll

Maria_S disse...

Ainda bem que o meu não apita (no do pendura) eheheheh.

Mary disse...

Ah ah ah... Parece-me perfeitamente possível! As minhas malas também andam sempre tão pesadas e eu nem percebo porquê! Aparentemente, não ponho lá nada de extraordinário! O que vale é que no meu carro não há cá dessas modernices de sensores de peso nos bancos! Aliás, haver cintos de segurança já é uma sorte!
http://amarycanlife.blogspot.com/

Maria disse...

lol, adorei.. mala de mulher é assim mesmo.

Bruxinha disse...

Olá! Vim parar a este blogg por mero acaso. Mas ao ler este comentário fiquei a rir-me sozinha e não resisti a comentar. Também me acontece exactamente o mesmo!!! Da primeira vez que me aconteceu fiquei intrigadíssima e fiz mil testes com o meu cinto porque achei que não estava bem colocado. Andei kms com aquele apito irritante, e só algum tempo depois se fez luz: era o outro banco e a minha mala! Já tentei perceber o que a faz pesar tanto, mas.. preciso realmente de tudo o que está lá dentro!

Cristina disse...

O meu carro não tem essas mariquices, mas aconteceu-me o mesmo num carro emprestado. Até que eu percebesse o que se passava... Mas estou como a Bruxinha, preciso de tudo o que lá está dentro!!