Visitas

sábado, fevereiro 13, 2010

Tudo o que é pequenino tem graça

Chega-se ao limite quando damos por nós a fotografar o primeiro cocó em forma de cagalhotinho do nosso filho. O cocó deixa de ser pastoso, ganha aquela forma de alheira e nós achamos isso muito fofinho e guardamos para a posteridade numa parte do álbum inventada por nós. Vem a seguir ao capítulo "A minha primeira papa" e damos-lhe o nome de "O meu primeiro cocó de homem".

4 comentários:

scanhola disse...

Bem verdade, faço assim e a máquina ou o telefone estão sempre presentes. Não passa um dia sem que tire um foto e o mais velho já tem 8 anos. Coisas que só uma Mae entende.

mãeee disse...

Amor de mãe não tem limites ... :)

Mia disse...

Ok...
Estás a ficar sinistra!

Rita C disse...

:)))

Bom... OK... fotografar cocó dos meus meninos por acaso... foi coisa que nunca fiz... se calhar devia ter feito... hummm... ficaria um belo de um registo em duplicado... :)

Beijos

Rita